FAQ Versão para impressão Enviar por E-mail

faqicon

Apresentamos nesta página as nossas
FAQ (Frequently Asked Questions), ou seja, as
Perguntas Mais Frequentes:



I. O Portal da Massagem

1. O Portal da Massagem é 100% online ou tem algum espaço físico?

O Portal da Massagem é um projecto 100% online. No entanto, periodicamente participamos em eventos de âmbito nacional ou local para divulgação da nossa actividade, privilegiando dessa forma um contacto directo com as pessoas.

2. O Portal da Massagem é uma Associação de Terapeutas?

Não. O Portal da Massagem funciona como um "ponto de encontro" de terapeutas que têm objectivos semelhantes relativamente à divulgação da sua própria actividade. A adesão (Registo de Terapeutas) é voluntária, gratuita e não pressupõe nenhuma relação de "associação", em termos legais, entre o Portal e os Terapeutas que desejem registar-se.

3. O Portal da Massagem é uma Entidade Formadora?

Não. O Portal da Massagem pode, isso sim, divulgar dados sobre acções de formação que as entidades formadoras pretendam divulgar no Portal. Normalmente não temos acesso a informações mais detalhadas sobre essas acções de formação. Para saberem mais, os visitantes do Portal devem contactar directamente as respectivas entidades formadoras.

4. Qual é a importância da vossa Acreditação WIS?

A Acreditação WIS representa para nós uma característica de diferenciação face a outros websites nacionais. Em termos gerais, significa que a nossa actividade online é verificada periodicamente por uma terceira entidade (certificadora) garantindo que os requisitos mínimos dessa Acreditação são continuadamente cumpridos em benefício dos visitantes. Dispomos, assim, de um website com informações consideradas relevantes e úteis na área da saúde e com conteúdos regularmente actualizados.

 

II. Registo de Terapeutas

1. Se eu me registar no Menu de Login fico automaticamente registado como Terapeuta?

Não! O registo inicial que é efectuado no Menu de Login é apenas um registo de Utilizador e irá servir para poder aceder aos Directórios onde, aí sim, poderá adicionar / alterar os dados que pretender. Esse registo de Utilizador também não faz com que passe a receber automaticamente a nossa Newsletter. Para a receber, terá de subscrever a Newsletter na página respectiva.

2. Sou terapeuta manual, mas não faço massagens. Posso registar-me no Portal?


Claro que sim! O registo de Terapeutas no Portal da Massagem está aberto a todos os massagistas e terapeutas manuais, desde que a actividade seja exercida na área da massagem e/ou das terapias manuais. Não é necessário fazer massagens, desde que exerça outras actividades relacionadas com terapias manuais.  

3. Quero registar-me no Portal mas não quero receber telefonemas para evitar dessa forma eventuais contactos indesejados. É possível?

Sim. Ao fazer o seu registo como Terapeuta apenas 4 campos são de preenchimento obrigatório: o seu nome, a sua localidade, o seu email e quais os tipos de massagem e/ou terapias manuais que faz. Todos os outros campos são de preenchimento facultativo... que poderá preencher apenas se quiser ter um registo online mais completo. 

4. As minhas terapias manuais são mais energéticas do que físicas. Posso registar-me e divulgar a minha actividade no Portal da Massagem?

Sim. Ao fazer o seu pedido de registo como Terapeuta deverá fornecer-nos as designações exactas das terapias manuais que faz para que possamos analisar e verificar a sua adequabilidade relativamente aos propósitos deste Portal. Podemos eventualmente ter de lhe solicitar mais dados sobre algumas terapias manuais, mas pode fazer o seu pedido de registo mesmo que as suas terapias manuais sejam de natureza mais energética do que física. Poderá até nem haver nenhum tipo de contacto físico com o cliente/paciente... e isso não significa necessariamente que não possamos estar perante uma terapia manual.

 

III. Legislação

1. Onde e como solicitar a Carteira Profissional de Massagista?

Em primeiro lugar, a única Carteira Profissional que existe é a de Massagista de Estética. Exceptuando este caso único no nosso país, não há mais nenhuma massagem ou terapia manual que tenha Carteira Profissional oficialmente reconhecida pelo Estado Português. Existem, sim, algumas associações nesta área que emitem documentos que podem ser "equiparados" a Carteiras Profissionais mas que não têm nenhuma fundamentação legal.

2. Estive no estrangeiro e tenho certificados de formação em massagem / terapias manuais. Os meus Diplomas são aceites e reconhecidos em Portugal?

Sim... e Não. Os seus Diplomas podem ser aceites no nosso país por qualquer entidade empregadora, desde que elas reconheçam validade técnica nos documentos que lhes são apresentados. A liberdade de aceitação de Diplomas / Certificados emitidos noutros países é total. Outra questão é o reconhecimento oficial desses mesmos documentos. Veja, p.f., a resposta à questão seguinte.

3. Há alguma entidade oficial em Portugal que reconheça os meus Diplomas / Certificados?

Não. Exceptuando o caso único do Massagista de Estética (até ao momento), não há nenhuma entidade oficial que tenha um sistema de reconhecimento de Diplomas / Certificados, sejam eles emitidos por entidades formadoras nacionais ou estrangeiras.

 

IV. Actividade Profissional

Posso iniciar uma actividade profissional como trabalhador independente mesmo sem nenhum tipo de regulamentação nesta área?

Pode. Se for Massagista de Estética, ou se pretender seguir este percurso de formação, já deverá saber que essa actividade tem regulamentação própria em termos de formação e emissão de Carteira Profissional. No entanto, no que se refere ao início de uma actividade profissional é em tudo igual a qualquer outra actividade profissional. Não há, de facto, nenhuma regulamentação específica nesta área que possa orientar os profissionais nesse sentido, mas desde que "cumpra os requisitos mínimos" de enquadramento em matéria fiscal, de segurança social, de IVA e de seguros, poderá iniciar e desenvolver a sua actividade. Nunca esqueça, evidentemente, que está a lidar com pessoas numa área tão sensível como é a da saúde e que, nessa perspectiva, toda a sua conduta profissional e características físicas de algum local que tenha, ou venha a ter, devem cumprir as ditas "obrigações mínimas".

 

V. Formação

1. Podem indicar-me quais as melhores escolas de formação?

Não. O nosso serviço deve ser imparcial e isento de opiniões relativamente às entidades formadoras. Colocamos ao seu dispor neste Portal uma listagem de várias entidades formadoras, acreditadas pela DGERT ou não, mas não podemos opinar sobre quais serão melhores em matéria de formação. Esse trabalho de análise terá de ser conduzido pelo interessado, devendo contactar directamente as entidades formadoras que mais lhe possam interessar e obter aí o máximo de informações para que possa, posteriormente, cruzar esses dados com os de outras entidades formadoras, facilitando dessa forma o processo de decisão. Outra fonte de informação pode advir dos seus colegas, amigos, vizinhos, familiares, etc. Tente obter o máximo de informação sobre as entidades formadoras e depois tome a sua decisão.

2. Uma entidade formadora acreditada pela DGERT é melhor do que outra que não o seja?

Não necessariamente! O que a DGERT faz é certificar um processo de organização e gestão da formação, de modo a sejam cumpridas determinadas regras processuais. A qualidade da formação em si não está em causa. O que sabemos é que uma entidade formadora acreditada pela DGERT possui um sistema de organização e gestão que lhe permite cumprir um conjunto de procedimentos com o objectivo de disponibilizar um serviço de formação com um nível de qualidade aceitável. Mas isso não significa que uma outra entidade formadora não acreditada pela DGERT também não tenha um bom sistema de organização e gestão da formação. Pode até ser melhor e, por qualquer razão, não querer o seu sistema reconhecido pela DGERT. A dúvida que pode persistir é esta: será que uma entidade formadora não acreditada pela DGERT tem um bom sistema de organização e gestão da formação? Para isso o que sugerimos é que se possa, de alguma forma, analisar, com algum detalhe, o modo de funcionamento dessas entidades formadoras e tirar daí as conclusões possíveis.

3. Podem-me dizer que acções de formação existem em determinada localidade?

Depende! Se as entidades formadoras estiverem registadas no Portal da Massagem e disponibilizarem esse tipo de informação no seu registo, é só pesquisar e a resposta será facilmente encontrada. Caso contrário, poderemos não dispor desse tipo de informação.

 

VI. Parcerias

O que é que é necessário para dar início a uma Parceria com o Portal da Massagem?

Numa parceria, tenha ela a natureza que tiver (institucional ou comercial), é importante que ambas as partes tenham algum benefício evidente. Com base neste pressuposto, basta enviar um email para Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar , mencionando o interesse em estabelecer uma parceria e devendo adiantar o objecto dessa parceria e quais os benefícios que poderiam resultar para ambas as partes. O Portal da Massagem irá analisar o pedido e responderá com a brevidade possível.

 

VII. Emprego

1. Gostaria de colocar na vossa página o meu anúncio de procura de trabalho. O que é que tenho de vos enviar?

Para poder colocar um anúncio de procura de trabalho, terá de ser massagista ou terapeuta manual com a formação já finalizada ou, querendo eventualmente tentar arranjar um local para estágio, estar a frequentar uma acção de formação que necessite de estágio. Depois, iremos necessitar que nos envie os seus dados pessoais e profissionais (por exemplo através do envio de um Curriculum Vitae) e que nos diga o que é que pretende exactamente, para que possamos elaborar o seu anúncio.

2. Pretendo vender alguns produtos semi-novos ou usados relacionados com a área da massagem / terapias manuais. Posso anunciar no Portal da Massagem?  

Não. A página "Emprego" do Portal da Massagem destina-se exclusivamente a anúncios de procura de trabalho, por parte de Terapeutas, e de procura de potenciais candidatos, por parte de Empregadores.

 

VIII. Newsletter

Para subscrever a vossa Newsletter tenho de estar registado como Terapeuta?

Não. Qualquer pessoa poderá subscrever a nossa Newsletter, mesmo que não seja Terapeuta nesta área. Pode ser apenas alguém que tenha curiosidade por esta área e que pretenda manter-se a par das novidades.

 

IX. Links

O que é que tenho de fazer para que o meu website / blog apareça nos vossos Links?

É muito fácil. Para que o seu website ou blog apareça na nossa página "Links" basta que o seu conteúdo seja directamente relacionado com a área da massagem e/ou terapias manuais. Envie-nos um email para Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar e nós analisamos o seu pedido de link. Se for aprovado, o Portal da Massagem irá colocar o seu endereço na página "Links" e, em contrapartida, o nosso endereço http://www.portalmassagem.com deverá, também, ser colocado no seu website / blog.